Guia Completo dos Filmes sobre Alzheimer – Demência

Gostou desse artigo? Compartilhe..

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no telegram
Guia Definitivo de Filmes sobre Alzheimer

21 filmes emocionantes e instrutivos. Para você que quer descobrir mais sobre o comportamento da pessoa com demência e como o apoio familiar é fundamental.

ÍNDICE

VIVER DUAS VEZES (2020) Novo
VIVA – A VIDA É UMA FESTA (2017)​
PARA SEMPRE ALICE (2015)
AMOR (2012)
A SEPARAÇÃO (2012)
POESIA (2011)
O DRAMA DO ALZHEIMER (2008)
A FAMÍLIA SAVAGE (2007)
LONGE DELA (2006)
ASHITA NO KIOU (2006)
AURORA BOREAL (2005)
DIÁRIO DE UMA PAIXÃO (2004)
A MOMENT TO REMEMBER (2004)
O CASO ALZHEIMER (2003)
O FILHO DA NOIVA (2001)
IRIS (2001)
SONHOS DE PIRILAMPO (2001)
UMA CANÇÃO PARA MARTIN (2001)
COMPROMISSO PRECIOSO (1999)
MOMENTOS ESQUECIDOS (1999)
MEU PAI UM ESTRANHO (1970)

VIVER DUAS VEZES

Viver duas vidas é um filme de 2020. Conta a história de um professor universitário de Matemática, Sr. Emilio (Oscar Martínez), nos seus setenta anos, que sempre foi muito estudioso, se vangloria do seu pensamento racional e de repente, começa a ter os primeiros sintomas do Alzheimer.

Com o avanço rápido da doença, já na primeira consulta/entrevista com a terapeuta, acompanhado pela filha, esta propõe uma mudança radical na família. O professor Emílio é viúvo e mora sozinho. A terapeuta pede que ele vá viver com a filha. O professor resiste até que a filha determina que ele passe a viver na casa dela com o marido e a neta.

Depois dessa mudança o Sr. Emilio decide ir atrás do primeiro amor de sua vida, Margarita (Isabel Requena), pois diante do Alzheimer acha que vai esquecer tudo.

Os todos os atores têm muito carisma, naturalidade e entrosamento. Retratam personagens imperfeitos tentando serem perfeito. O que retrata um mundo atual bem próximo da realidade.

A relação entre o Sr. Emilio (Avô) e sua neta Blanca (Mafalda Carbonell), uma garota de 11 anos manca e totalmente ligada no celular, mostra as diferenças de duas gerações, com um show à parte, gerando muitas alfinetas e constrangimentos excelentes.

Viver Duas Vezes – Vivir dos Veces – 2020

Direção: Maria Ripoll
Elenco: Oscar Martínez, Inma Cuesta, Mafalda Carbonell
Gêneros: Drama
País: Espanha
Duração: 101 minutos

Disponível na Netflix

VIVA - A VIDA É UMA FESTA

A história gira em torno de um garotinho, Miguel, apaixonado por canções, vivendo dentro de uma estrutura matriarcal onde a música é banida devido a um trauma: o tataravô abandonou a esposa e os filhos pequenos para seguir a carreira como artista.
O conceito do filme é baseado no feriado mexicano de Dia dos Mortos, equivalente ao dia de finados no Brasil.
A vida é uma festa explora não apenas a morte natural, mas as mortes por acidente, o assassinato e a morte simbólica, ou seja, o esquecimento. O conteúdo poderia soar árido demais para o público infantil, porém o diretor Lee Unkrich suaviza a ideia com música, poesia e afeto familiar.
A abordagem da demência aparece, de forma bem discreta, mas muito emocionante com a já idosa Ines, bisavó de Miguel, que se lembra do passado quando o jovem decide tocar uma canção da infância dela. Lembrando que as áreas do cérebro relacionadas a música não são afetadas por demências como o Alzheimer.

Vale assistir! Diversão e emoção garantidas!!!

Viva: A Vida é Uma Festa (Coco) — 2017

Direção: Lee Unkrich, Adrian Molina
Roteiro: Lee Unkrich, Adrian Molina, Jason Katz, Matthew Aldrich
Elenco: Anthony Gonzalez, Gael García Bernal, Benjamin Bratt, Alanna Ubach, Renee Victor, Jaime Camil, Alfonso Arau, Selene Luna, Ana Ofelia Murguía, Edward James Olmos, Dyana Ortellí, Herbert Sigüenza, Jaime Camil, Sofía Espinosa, Luis Valdez, Polo Rojas, Montse Hernandez, Lombardo Boyar, Octavio Solis, Gabriel Iglesias, Cheech Marin, Carla Medina, Blanca Araceli, Natalia Cordova-Buckley, Salvador Reyes, John Ratzenberger
Duração: 110 min.

PARA SEMPRE ALICE

 Um dos filmes mais famosos sobre o Alzheimer. Para Sempre Alice foi o primeiro filme sobre Alzheimer que assisti. Por indicação de uma psicologa,que também tinha o esposo com a doença de Alzheimer.  Não esqueço até hoje, 05 anos depois, como fiquei chocado. 

 A Dra. Alice Rowland, é uma psicologa, linguista da universidade de Harvard que aos poucos vê sua vida se modificar totalmente. Ela é diagnosticada com Alzheimer precoce ao 50 anos, perde seu trabalho,  mas ganha o amor de sua família, para enfrentar a doença. O marido dedicado (Alec Baldwin) e seus três filhos: Lydia (Kristen Stewart), Anna (Kate Bosworth) e Tom (Hunter Parrish). 

Julianne Moore, que interpreta a personagem principal, Dra. Alice , ganhou o Oscar de Melhor Atriz pelo papel.

Para sempre Alice – Still Alice – 2015

Lançamento: 12 de março de 2015
Dirigido por: Richard Glatzer, Wash Westmoreland
Elenco: Julianne Moore, Alec Baldwin, Kristen Stewart, Kate Bosworth, Hunter Parrish
Gênero: Drama
País: Estados Unidos da América
Distribuidor: Diamond Films

AMOR

Amor é um drama tocante e sensível. Georges (Jean-Louis Trintignant) e Anne (Emmanuelle Riva) são um casal de idosos franceses, octogenários, apaixonados pela música, arte e, principalmente, um pelo outro. São professores de música, pessoas cultas e independentes.

Eles têm uma filha musicista que vive com a família em um país estrangeiro.

Anne, a esposa, sofre um derrame que a deixa com um lado do corpo paralisado. Além disso, ela começa a ter os primeiros sintomas de Alzheimer e passa a ser cuidada por seu marido, que precisa encarar sozinho essa tarefa.

O casal de idosos passa por graves obstáculos, os desafios da terceira idade afetam sua forma de viver e o modo como se relacionam com a filha, mas o amor entre eles segue inabalável.

O drama se passa quase que inteiramente dentro de um espaçoso apartamento, cuja mobília e decoração denotam uma vida inteira de bom gosto. Há arte por todos os lados, móveis de madeira pesada e uma preocupação especial com a qualidade da música, a grande paixão do casal idoso que ali vive. O aparelho de som moderno – mas ainda um CD player, físico – destoa sutilmente das cadeiras antigas e das “mantinhas” que aquecem os velhos em seu companheirismo de décadas.

Amor (Amour) – França/Alemanha/Áustria – 2012

Data de lançamento: 18 de janeiro de 2013 (Brasil)
Direção: Michael Haneke
Roteiro: Michael Haneke
Elenco: Jean-Louis Trintignant, Emanuelle Riva, Isabelle Huppert, Alexandre Tharaud, William Shimell, Carole Franck, Rita Blanco, Dinara Drukarova, Laurent Capelluto, Damien Jouillerot, Walid Afkir, Ramón Agirre
Prêmios: Palma de Ouro, Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, MAIS
Idiomas: Língua inglesa, Língua francesa
Indicações: Oscar de Melhor Filme, Oscar de Melhor Atriz, MAIS
Duração: 127 minutos

A SEPARAÇÃO

Nader e Simin divergem sobre a possibilidade de deixar o Irã. Simin quer deixar o país para dar melhores oportunidades a sua filha, Termeh. Nader, no entanto, quer continuar no Irã para cuidar de seu pai, que sofre do Mal de Alzheimer. Chegam a conclusão de que devem se separar, mesmo ainda estando apaixonados. Sem uma esposa para cuidar da casa, Nader contrata uma empregada para ser responsável pelos afazeres domésticos e por tratar da rotina de seu pai. A empregada, que está grávida, aceita o trabalho sem avisar o seu marido, condições que junto a um terrível incidente, levará as duas famílias a um julgamento de cunho moral e religioso.

A Separação – Jodaeiye Nader az Simin – Irã – 2012

Direção: Asghar Farhadi
Roteiro: Asghar Farhadi
Elenco: Peyman Moaadi, Leila Hatami, Sareh Bayat, Shahab Hosseini, Sarina Farhadi, Merila Zare’i, Ali-Asghar Shahbazi, Babak Karimi, Kimia Hosseini, Shirin Yazdanbakhsh, Sahabanu Zolghadr
Duração: 123 minutos

POESIA

Mija (Yun Jeong-hie), avó de 66 anos, vive com seu neto em uma cidade perto do rio Han. Ela adora se vestir de forma excêntrica, é questionadora e inquieta. Seu novo desejo é aprender a fazer poesia, o que a leva a um curso especializado em um centro cultural perto de sua casa. O curso faz com que apure sua observação do cotidiano, onde consegue inspiração para seus versos. Paralelamente, ela precisa lidar com uma confusão causada por seu neto.

Poesia – Poetry – Coreia do Sul – 2011

Direção: Lee Chang-dong
Produção: Lee Joon-dong
Duração: 139 minutos
País: Coreia do Sul

O DRAMA DO ALZHEIMER

Melanie é perfeita como mãe e esposa. Sabe que pode superar todos os obstáculo em sua vida, pois tem Deus no coração. Mesmo contrariada por sua família, levai o pai (Sam), acometido pela Doença de Alzheimer, para morar em sua casa.
Só o que ela não contava, era que os distúrbios e delírios dele, começariam a desalinhar sua via “perfeita”. Então, começa sentir perdida quando percebe que, na tentativa de ajudar seu pai, acaba por deixar de lado sua família. Quando ela chega em seu limite, procura por uma salvação que excede seu entendimento, algo que pode estar bloqueando a mente de seu pai, e que só pode ser revelado por Deus.

Filme com uma abordagem mais religiosa. Emoção e choro garantidos!

“O conhecimento passará, mas a fé, a esperança e o amor permaneceram!!!”

O Drama do Alzheimer – Wheel of Knowing: A Story of Hope – 2008

Direção: Ben Barber Michael Sewell
Duração: 95 minutos
Classificação: 10 – Não recomendado para menores de 10 anos
Gênero: Drama
País: Estados Unidos da América

A FAMÍLIA SAVAGE

A família Savage conta a história de dois irmãos, Wendy e Jon,  que ficaram 20 anos sem conversar com o pai. Depois de ter seguido caminhos diferentes em suas vidas, eles recebem a notícia que a companheira do pai morreu e ele não tem como cuidar de si mesmo. 

Apesar do ressentimento com o pai e entre si, os dois irmãos tentam se adaptar à nova situação.  Precisam cuidar do idoso, diagnosticado com Alzheimer. 

Mesmo falando sobre a doença, um assunto delicado, o filme tem seus momentos bem humorados, garantindo um pouco de leveza à trama.

A família Savage – The Savages – EUA – 2007

Direção: Tamara Jenkins
Roteiro: Tamara Jenkins
Indicações: Oscar de Melhor Atriz.
Prêmios: Prêmio Independent Spirit de Melhor Roteiro.
Duração: 123 minutos

LONGE DELA

Grant (Gordon Pinsent) e Fiona (Julie Christie) formam um casal feliz, que tem sua vida abalada quando ela apresenta alguns graves sintomas, como perda de memória. Logo vem a confirmação: Fiona está com o mal de Alzheimer. Relutante a princípio, ela passa a aceitar a doença e se interna numa clínica. Uma das regras do local é que os pacientes não recebam visitas durante seus primeiros 30 dias. Quando Grant finalmente consegue vê-la, ela já não o reconhece mais. Fiona está agora afeiçoada por Aubrey (Michael Murphy), outro paciente da clínica, o que faz com que Grant tenha que se contentar com sua nova condição de amigo ao mesmo tempo em que tenta ajudá-la a se lembrar do passado.

Longe Dela – Away From Her – Canadá – 2006

Direção: Sarah Polley
Roteiro: Sarah Polley
Baseado em: The Bear Came Over the Mountain, de Alice Munro
Elenco: Julie Christie, Gordon Pinsent, Olympia Dukakis, Michael Murphy, Kristen Thomson, Wendy Crewson, Thomas Hauff, Clare Coulter
Gênero: drama romântico
Duração: 110 minutos

ASHITA NO KIOU

O filme começa mostrando o resultado inevitável dos eventos do filme: é mostrado ao espectador a cena de um homem que é incapacitado pela doença de Alzheimer , ambientado no ano de 2010. 

A história propriamente dita começa então voltando a um estágio anterior em a vida do homem, Masayuki Saeki em 2004. Masayuki Saeki é um executivo brilhante e bem-sucedido de uma empresa de publicidade . Saeki mostra-se um excelente exemplo de um trabalhador de colarinho branco japonês ideal. Ele é rigoroso, bem organizado, trabalhador, dedicado ao seu trabalho e estabelece padrões muito altos para si e seus subordinados. No entanto, ele logo fica chocado ao perceber que está falhando em cumprir seus padrões perfeitos. Ele começa inexplicavelmente a esquecer as coisas – compromissos, detalhes de seu trabalho e seu conhecimento do layout de Tóquio. 

Depois disso, ele é diagnosticado com a doença de Alzheimer, à qual reage com muita raiva, descrença e desespero. O que se segue no resto do filme é um retrato trágico, emocional e muito humano do sofrimento e o declínio deste homem outrora poderoso e alto, para um estado lamentável que se assemelha a uma segunda infância quando a doença o desgasta. Com o passar dos anos, sua memória piora. Ele deixa o trabalho e mora em casa, onde é cuidado por sua devotada esposa, Emiko. Inevitavelmente, as tensões surgem entre Masayuki e sua esposa e filha, e chega ao ponto em que a vida de Emiko gira em torno de cuidar de seu marido debilitado.

Ashita no Kioku – Memories of tomorrow – 2006

Direção: Yukihiko Tsutsumi
Baseado em: Ashita no Kioku por Hiroshi Ogiwara
Elenco: Watanabe, Ken Kanako, Higuchi

Duração: 122 minutos
País:  Japão

AURORA BOREAL

Duncan é um jovem de 25 anos que leva uma vida desregrada. Ele vive se divertindo nas madrugadas e enchendo a cara ao lado de seus amigos. Também tem sérias dificuldades de conseguir e manter seus empregos de segunda categoria. 

Sua história começa a mudar com a morte de seus pais. Para ficar perto de seus avós, principalmente do avô que tem Alzheimer, ele passa a trabalhar no lar de idosos onde eles vivem, descobrindo novos e emocionantes significados para sua vida.

Aurora Boreal – Encontro Com a Vida – 2005

Direção: James CE Burke
Produção: Scott Disharoon
Obra de: Brent Boyd
Elenco: Joshua Jackson, Juliette Lewis, Louise Fletcher, Donald Sutherland

Música: Mychael Danna
Cinematografia: Alar Kivilo
Edição: Richard Nord
Distribuição: Liberação Regente
Duração: 110 minutos
País:  Estados Unidos da América/Canadá

DIÁRIO DE UMA PAIXÃO

Todos os dias um homem visita uma senhora em um lar de idosos. Ela tem uma demência que prejudica irreversivelmente sua memória. Por causa do Alzheimer, ela não se lembra de detalhes de sua vida. 

O persistente senhor lê anotações de uma caderno para ela em suas visitas.  Em cada uma destas visitas, ele lê para ela um capítulo de uma linda história de amor, que começa assim: “Noah era um jovem operário numa pequena cidade. Allie era uma garota rica e culta da capital. Eles se conheceram num parque de diversões e, apaixonados, viveram o mais intenso verão de suas vidas. Porém, por imposição da família de Allie, o jovem casal teve que se separar. Veio a 2ª Guerra Mundial e Allie conheceu um soldado de família tradicional que a pediu em casamento. Sete anos mais tarde, às vésperas de seu casamento, Allie reencontra Noah e tudo vem à tona outra vez, colocando a jovem em um terrível dilema, com o coração dividido entre seu primeiro amor e o belo rapaz que pode lhe oferecer a vida tranquila que sua família sempre sonhou.” 

Enquanto o homem que a visita lhe conta este envolvente romance, a senhora doente parece redescobrir o prazer de emoções há muito adormecidas, relembrando passagens de sua própria juventude.  

Esse filme tem uma grande e emocionante surpresa no final!

Diário de uma Paixão – The Notebook – 2004

Direção: Nick Cassavetes
Produção: Lynn Harris e Mark Johnson
Roteiro: Jeremy Leven e Jan Sardi (adaptação)
Obra de: The Notebook de Nicholas Sparks
Narração: James Garner
Elenco: Ryan Gosling, Rachel McAdams, James Garner, Gena Rowlands
Gênero: drama/romance
Música: Aaron Zigman
Cinematografia: Robert Fraisse
Edição: Carmen Yulin
Duração: 124 minutos
País: Estados Unidos

A MOMENT TO REMEMBER

A Primeira parte do filme é uma história de amor entre uma linda e simpática garota filha de um empreiteiro e um carpinteiro que trabalha para ele. Ela é engraçada e esquecida, o que lhe dá até um charme, mas aos poucos o esquecimento transforma-se em diagnóstico, um caso de Alzheimer precoce, que vai mudar a vida deles.

A Moment to Remember – Nae Meorisokui Jiwoogae – 2004

Direção: John H. Lee
Elenco: Jung Woo-sung, Son Ye Jin, Bu-seon Kim
Gênero: drama romance
País: Correia do Sul
Duração: 117 minutos

O CASO ALZHEIMER

Angelo Ledda é um assassino do crime organizado. Ele concorda com o último assassinato, apesar de ter desenvolvido recentemente a doença de Alzheimer.

A condição de Alzheimer de Angelo (para a qual ele toma um medicamento experimental) o afeta periodicamente durante o filme, resultando em desorientação e esquecendo o que estava fazendo por um breve período de tempo. O estado do veterano fica pior à medida que o filme avança.

O Caso Alzheimer / A memória de um assassino – The Alzheimer Case – 2003

Direção: Erik Van Looy
Obra: Baseado no romance de Zaak Alzheimer de Jef Geeraerts
Língua: Holandês
Duração:  minutos
País: Bélgica

O FILHO DA NOIVA

Este filme argentino tem uma história delicada e inusitada. O pai do protagonista, interpretado pelo conhecido ator Ricardo Darin, pretende realizar seu sonho de finalmente se casar na igreja com sua esposa. O único problema é que a idosa é diagnosticada com Alzheimer, e a doença começa a avançar – fazendo com que o casamento precise ser apressado.

O Filho da Noiva – El Hijo de la Novia – 2001

Direção: Juan José Campanella
Classificação: Livre
Elenco: Ricardo Darín, Héctor Alterio, Norma Aleandro, Eduardo Blanco, Natalia Verbeke
Duração: 123 minutos
País: Argentina

IRIS

A história de amor entre a novelista e filósofa Iris Murdoch e seu marido, o professor de Oxford John Bayley, contada em duas épocas distintas: na juventude, quando se conheceram, e na velhice, quando Iris sofre do mal de Alzheimer.

Iris – 2001

Direção: Richard Eyre
Roteiro: Charles Wood e Richard Eyre
Baseado: Iris and Her Friends: A Memoir of Memory and Desire e Elegy for Iris, de John Bayley
Elenco: Judi Dench, Jim Broadbent, Kate Winslet, Hugh Bonneville
Gênero: drama romântico-biográfico
Idioma: língua inglesa
País: Reino Unido / Estados Unidos da América
Duração: 91 minutos

SONHOS DE PIRILAMPO

com seus cabelos tingidos de laranja e bronzeado, Naomi (Maho Ukai) é uma adolescente normal que adora dançar com seus amigos tanto quanto odeia ficar sentada na escola ou ouvir a briga de seus pais. Um dia, sua mãe (Chie Miyajima) acorda e deixa a família para ficar com seu novo amante. Seu pai despedaçado (Atsushi Ono) a manda para o verão para trabalhar na estalagem de sua irmã. 

Quando rapidamente se torna aparente que Naomi não é indicada para o setor de serviços, sua tia pede que ela cuide de sua vizinha idosa, a sra. Koide (Yoshie Minami), que está sucumbindo lentamente à doença de Alzheimer. Tendo boas lembranças de brincar na casa dela quando criança, Naomi concorda rapidamente. Embora a Sra. Koide não se lembre dela, Naomi gosta de sua maneira direta e de suas histórias de juventude – que incluem estrelar o filme Hotaru no Tani. 

Entretanto, Naomi está recebendo mais do que um pouco de atenção de um entregador de bebidas com língua de mel (Tsutomu Niwa). Este filme japonês foi dirigido pelo cineasta britânico John Williams, que viveu no Japão por oito anos antes de fazer o filme.

Sonhos de Pirilampo – Firefly Dreams – 2001

Direção: John Williams
Duração: 105 minutos
Classificação:  L – Livre para todos os públicos
Gênero: Drama
País: Japão

UMA CANÇÃO PARA MARTIN

Martin Fischer é um compositor de sucesso. Ele sofre de amnésia e é diagnosticado com a doença de Alzheimer. Então seu comportamento começa a mudar.

Uma canção para Martin – A Song for Martin – 2001

Direção: Bille August
Produção: Bille August, Lars Kolvig, Michael Obel e Michael Lundberg
Roteiro de: Bille August
Baseado em: Boken om E de Ulla Isaksson
Estrelando: Sven Wollter e Viveka Seldahl
Música por: Stefan Nilsson
Duração: 118 minutos
País: Suécia/Dinamarca
Língua: Sueco

COMPROMISSO PRECIOSO

O filme “Compromisso Precioso” narra a história comovente do amor entre John e Ellen Brighton. Unidos eles enfrentam uma terrível doença impiedosa, o Mal de Alzheimer, que ou confirmará seu amor ou destruirá a família e seu casamento. Aqui há problemas na carreira profissional, nos relacionamentos familiares e uma confusão que só o poder de um amor real pode superar. Phil Brighton, o irmão e sócio de John vivem livres demais para entender por que John mantém assim sua fé e seu casamento diante de circunstâncias tão terríveis. Mas a luta de seu irmão faz com que Phil encontre uma nova esperança. O compromisso de uma fé desafiada pelo impossível e testada pelo irresistível afeta a família inteira. 

“Cuidar de você é uma honra, um privilégio!”

Filme Cristão lindo!!!!

Compromisso Precioso – A Vow To Cherish – 1999

Livro de: Deborah Raney
Direção: John Schmidt
Roteiro: Grenville Case, Beatrice Smickers, John Schmidt
Trilha Sonora: John Campbell
Duração: 83 minutos
Gênero: Drama Família Romance
País: Estados Unidos da América

MOMENTOS ESQUECIDOS

Baseado em uma história real, o filme mostra de uma forma muito realista a luta de Diane (Mia Farrow), uma bem sucedida executiva, assistente jurídica e mãe de família com 45 anos. Ela está no auge da carreira, conquistou uma excelente posição e prestígio, quando é diagnosticada com mal de Alzheimer. 

As percepções da pessoa com Alzheimer diante do TERROR que o mundo se transforma são impressionantes. Um filme denso e ao mesmo tempo lindo!!! A delicadeza que Mia Farrow imprime  na abordagem me conquistou, mesmo sendo um filme bem antigo, com mais de 20 anos. 

Nos dias mais sombrios, Diane luta com coragem e dedicação para achar seu caminho de volta à luz, escrevendo e usando a internet para se comunicar com o mundo”

“Nos dias bons, como fundadora do primeiro grupo de apoio para pacientes prematuros do mail de Alzheimer, Diane leva a força e a sabedoria da sua experiência a pessoas como ela”

Momentos Esquecidos – Forget Me Never – 1999

Direção: Robert Allan Ackerman
Duração: 88 minutos
Classificação:  L – Livre para todos os públicos
Gênero: Drama
País: Canadá / Estados Unidos da América

MEU PAI, UM ESTRANHO

Gene Hackman é um jovem professor que sonha em casar e mudar para a Califórnia, quando às vésperas de seu casamento, sua mãe morre e ele é obrigado a cuidar de seu pai, que está começando a desenvolver Alzheimer, já que sua irmã foi deserdada pelo pai por ter casado com um judeu.

Meu Pai, um Estranho – I Never Sang for My Father – 1970

Direção: Gilbert Cates
Produção: Gilbert Cates
Roteiro: Robert Anderson
Elenco: Melvyn Douglas, Gene Hackman, Dorothy Stickney
Gênero: drama
Música: Al Gorgoni eBarry Mann
Direção de fotografia: Morris Hartzband
País: Estados Unidos da América
Idioma: inglês
Duração: 92 minutos

Política de uso

A reprodução de matérias, fotografias e imagens é livre mediante a citação do site “Estratégias do Alzheimer http://estrategiasdoalzheimer.com.br/”, bem como, dos autores do texto, das fotos e imagens. 

Por favor:

 

Informe qualquer incorreção ou link quebrado.

Algum filme que não esteja relacionado

Deixe seu comentário construtivo...

Leia Mais

Pai Herói
Gratidão
Marcelo Godinho

Pai Herói

❤️ Parabéns Papais ❤️ A todos os pais. Que sejam heróis de seus filhos, na luta por saúde, educação, melhor qualidade de vida e principalmente

Leia Mais »

Se Inscreva!

Deixe uma Mensagem.

[contact-form-7 id="654" title="Formulário de contato 1"]